Diário da Dieta #2: menos 10kg e mais disposição

Segunda é o dia mundial do recomeço, do tente mais uma vez, do uma nova oportunidade está te esperando. Então não teria dia melhor pra colocar no ar o segundo post da minha reeducação alimentar. Mês passado falei por aqui sobre minha relação com a balança e o que me levou a procurar uma nutricionista. Agora, passados dois meses desde que me desafiei a ser mais saudável, vim contar um pouco dos resultados iniciais, o que está me ajudando a chegar lá e espero que ajude quem tiver precisando desse empurrãozinho!

flo

O que já mudou?

Nesses 2 meses consegui perder 10 kg. E o melhor é que me sinto muito mais disposta, a aparência da minha pele (celulites e estrias) teve uma melhora visível e é indiscutível a repercussão de todas essas mudanças nos resultados do meu checkup. Consegui ainda algo que queria há um tempo, que era diminuir o consumo de refrigerante – acabei cortando e não tomo nem no dia que seria liberado. Com tudo isso, sei que ainda tenho muito a conquistar, mas vejo que a direção em que estou é a certa.

O que está me ajudando?

Já falei sobre algumas coisas no primeiro Diário de Dieta e outras são novidade, mas todas estão sendo positivas para mim.

  • Pesar toda semana. Todos os profissionais que conheci antes pesavam uma vez por mês e eu me sentia perdida, sem saber se estava fazendo tudo certinho. Indo toda sexta ao consultório, sei exatamente o resultado do meu esforço aquela semana, o que diminui muito a chance de jacar.
  • Ter sempre cardápio novo. Todas semana pego um, com opções e receitas diferentes. Isso ajuda a diversificar as refeições e dá pra comer quase tudo, respeitando as medidas e as formas de preparo.
  • Fazer exercícios que me dão prazer. Já contei que odeio academia? Pois então, optei pela caminhada e corrida. Além de ser ao ar livre, posso fazer em qualquer lugar e no horário que eu quiser.
  • Usar um frequencímetro. Resolvi comprar um e ele está me ajudando muito, pois consigo controlar o tempo de exercício e a intensidade. Tem só duas semanas que to usando e ainda vou aprender melhor sobre os recursos que ele tem, mas já estou gostando muito.
  • Ter uma refeição livre. Em um dia da semana ou fim de semana eu posso escolher uma refeição e comer o que eu quiser. E aí vale de tudo viu? Geralmente deixo pra fazer no sábado a noite e no domingo de manhã já acordo focada, firme na dieta e comendo saudável.
  • Traçar metas possíveis. Todo início de mês minha nutricionista traça uma meta, geralmente prevendo a perda de 4 a 5kg. Se a gente pensar no que precisa perder no total, vai parecer muito e até impossível. Indo de pouco a pouco, dá pra focar só na meta do mês e chegar lá rapidinho. 

É isso! Se quiserem saber mais, deixem perguntas aqui ou nas redes sociais que vou adorar responder e trocar ideias, assim a gente se ajuda. Alguém tá fazendo ou querendo começar um processo de emagrecimento saudável? Me contem 🙂 Mês que vem volto pra contar mais coisas boas pra vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation