Meu Look: Dia dos Pais e Quimono – de novo!

Acho que o intuito de postar look do dia é mostrar o que a gente usa de verdade, errando ou acertando. Entro em muitos blogs que vejo uma produção e fico pensando: será que essa pessoa realmente se veste assim? Porque quando a gente acompanha por muito tempo uma pessoa, temos a impressão – mesmo que equivocada – de que conhecemos pelo menos um pouco os seus gostos. 

To dizendo isso porque a categoria Meu Look é bem recente por aqui e quero desde já esclarecer que meus looks são muito reais, uso tudo que posto e inclusive faço questão de colocar onde fui, pra que a gente faça o exercício de pensar no quanto é importante nos vestirmos de acordo com a ocasião. Não uso salto todo dia, não faço make pesada durante semana, não fico horas pensando em um look só pra ir trabalhar. E acho que muita gente se identifica comigo.

Então aqui teremos looks reais, pra mulheres reais – até porque não tenho a pretensão de ser modelo pra alguém ou alguma coisa – e acredito que temos que estar bem com o que vestimos, pois o que está por fora é apenas um reflexo de como nos sentimos por dentro!

Dito isso, vamos ao look dessa semana. Talvez vocês se lembrem que a peça de destaque da produção – o quimono maravilindo – apareceu aqui semana passada. Acontece que fui com ele no sábado pro Mercado Aberto e no domingo era Dia dos Pais. O dia tava meio feio, deu até uma chovidinha. Não tava com muito criatividade e bati o olho nessa peça pendurada em cima da cadeira, pedindo um repeteco. Aí não resisti e coloquei de novo pra jogo!

c

Peça que vale a pena é aquela que a gente consegue usar várias vezes, de várias formas. Coloquei uma blusa preta e calça jeans, que não tem erro. A bolsa é igual a preta que mostrei no look passado e como já disse, parece pequena, mas cabe a vida! Uso demais e é outra compra que tá valendo cada centavo.

b

Esse look seria até sem graça se não fosse pelo quimono, claro, mas também por esse oxford que é lindo, confortável e lindo de novo. E um minuto de silêncio pra barra da calça dobrada, que é bem feio, mas como ainda não tinha levado pra arrumar, ficou assim mesmo. Se puderem evitar, não façam isso em casa!

a

Quimono: Ziriguidum | Blusa: acervo | Calça e bolsa: Renner | Sapato: Maria Filó para C&A

Depois, vendo as fotos, não amei a produção, então foi o tipo de look que na hora a gente veste e se sente bem, mas sem muitas emoções, afinal não é todo dia que a gente sai pra arrasar, né?

Meu Look: Mercado Aberto

Muita gente – inclusive eu – vive reclamando que Juiz de Fora é uma cidade com atrações e eventos legais bem restritos. Mas ainda bem que esse cenário está mudando, e um dos grandes responsáveis por isso é o Mercado Aberto, que combina em um só espaço muita gente interessante, cultura, gastronomia, artesanato e moda.

Dia 08 rolou a quarta edição – na praça Jarbas de Lery, vulgo Pracinha do São Mateus – e fui lá conferir, pra poder contar tudo pra vocês. E uma coisa já adianto: estava bem cheia e tive que fazer um esforcinho pra andar por entre tanta gente e ver tudo de bom que tinha por lá, mas valeu muito a pena.

10

9

3

8

7

6

11

1

Viram como tava cheio? Em um só espaço tem tendas pra todos os gostos: quer ver acrobacias? Tem. Gosta de experimentar novas comidas e cervejas artesanais? Tem. Ama fazer comprinhas, gosta de moda, coisas feitas artesanalmente e também de brechós? Lá tem tudo isso e com qualidade e originalidade!

Agora já sabem o motivo de tanta gente reunida, né? Parabéns aos organizadores, com certeza é um evento que só tende a crescer e ficar cada vez melhor.

E pra finalizar esse dia agradável, resolvi fazer fotos do look, tudo bem improvisado ainda, como falei por aqui semana passada, pois ainda estou me acostumando com isso – além de nada fotogênica eu sempre amei tirar as fotos pra não ter que sair nelas – Rs!

11

9

7

3

1

 Quimono: Ziriguidum | Vestido: Zara | Bolsa e Colar: Renner | Anéis: Morana | Sandália: Arezzo

Como o Mercado Aberto acontece durante o dia, apostei em uma produção mais leve, com vestido liso que valoriza a cintura e esse quimono que é o xodó do meu guarda roupa. Amo a estampa e a modelagem. A bolsa também já virou queridinha e uso muito, pois mesmo sendo pequena, cabe bastante coisa! E pra finalizar uma sandália básica, que combina com tudo.

E não é que os dois primeiro looks meus aqui no blog são com o cabelo preso? Adoro coque, vai desde um look despojado, até o mais chique.

Gostaram? Me contem o que estão achando!

Desejando: Casaco Pied de Poule

Já falei algumas vezes no blog – aqui e aqui – que amo Pied de Coq e Pied de Poule, lembram? #MomentoCultura – existem dois tamanhos dessa padronagem, e elas recebem nomes diferentes. A maior é a de Coq e a menor é a de Poule.

PP0

Pois então, o inverno tá no fim, mas aqui em Juiz de Fora um casaco é sempre bem vindo, e to desejando um com essa padronagem pra chamar de meu. Peças assim são atemporais, então valem o investimento, e além disso possibilitam uma grande quantidade de combinações! 

PP2

Tão vendo a primeira produção, a mistura de estampas entre o casaco e a sombrinha? Ficou super fofo e dava pra usar o mesmo princípio, só que em peças, como blusa ou calça, por exemplo. No meio a padronagem combinada com uma cor forte, adoro! E o último, uma produção mais simples, e ainda assim bonita, pois o destaque fica todo no casaco, que sobressai diante de cores neutras.

PP1

Aqui looks bem básicos, em P&B, mas super usáveis e estilosos. O casaco da última produção tem a mistura das duas padronagens, viram? Na parte superior é Pied de Coq e na inferior e mangas é Pied de Poule. Gostei muito, se encontrasse um assim, compraria já!

O que acham? Gostam dessa padronagem? Se alguém souber onde encontro um nesse estilo me fala aqui nos comentários. Tá bem difícil achar um do jeito que eu quero, to até pensando em mandar fazer na costureira. Com certeza vou usar muito!

Combinadinho: bolsa + sapato

Outro dia contei aqui que amo as produções da Blair Eadie, do Atlantic Pacific. O blog dela é só de looks do dia e é um mais lindo que o outro, sem contar a pegada meio lúdica em muitos deles, que deixa tudo mais interessante! Eu tenho uma pasta cheia de imagens dela, que me inspiram bastante, e olhando pra elas vi algo em comum em várias que tem me chamado muita atenção: a combinação de bolsa e sapato da mesma cor.

Eu sei, reza a lenda fashion que não se deve fazer tal combinação, mas a gente pode – e deve – quebrar esses paradigmas e usar aquilo que gostamos, então por que não? 

10

a1

a3

a5

E além da combinação de bolsa+sapato, repararam em algo mais em comum nos looks? Acho que já falei no outro post: a Blair está quase sempre de óculos escuros, difícil ver uma produção dela sem eles. Já virou uma marca registrada, né?!

O que acham da combinação? Sim ou Não? Eu adoro e já to usando em várias produções!

Meu look: Casamento em Carangola

Desde que comecei o blog, o que mais me pedem por aqui é look do dia. Confesso que tive um pouco de resistência porque sempre fui muito tímida, nunca gostei de posar pra fotos e no dia-a-dia sou bem básica. Mas como pedido de vocês é ordem, vou tentar compartilhar mais produções minhas por aqui!

O primeiro look é do casamento de um casal de amigos muito especiais, que se casaram mês passado, em uma festa linda e super animada! #bjoadrieotavio

E como é minha estreia na categoria look por aqui, já aviso que as fotos foram tiradas com celular, pelo boy – que não tá acostumado com isso – e ainda to aprendendo a editar fotos, então vou colocar as fotos sem nenhuma edição por enquanto. Espero que gostem!

look1

A festa foi de dia, então quis usar esse vestido que comprei há uns 2 anos atrás e nunca tinha usado. A cor clarinha pedia acessórios mais escuros pra contrastar, então escolhi cinto e sandálias pretas. Os outros acessórios foram em dourado e a bolsa comprei no dia do casamento, por acaso, em uma loja em frente ao hotel e acho que deu um ar lúdico e divertido a produção.

look2

Quanto aos cabelos, sempre prefiro ir com eles presos, assim aproveito a festa sem me preocupar se o cabelo vai estar no lugar a noite toda. Fiz um coque simples com um mini topete na frente, só pra dar um arzinho de sofisticação. A make também foi básica, com tons puxados pro dourado nos olhos e  delineador, que não pode faltar! O ponto alto ficou por conta do batom roxo, que é o “Enfim, sexta! – 406” da coleção Colorsensational, da Maybelline, que é muito bom, é matte e tem preço acessível.

look3

Vestido: Ebay | Cinto: emprestado da irmã | Clutch: I Love Frida | Sandália: Argumento (Arpel)

Apesar da correria e de ter tido que me arrumar num quartinho minúsculo, deu tudo certo e gostei bastante do resultado final. Prometo que pros próximos looks vou caprichar mais nas fotos, mostrar melhor os detalhes e fazer edições bem legais, ok?

Mas agora quero saber: o que acharam do meu primeiro look aqui no blog? 

Verde militar e camuflado, quem nunca?

Se tem uma tendência que eu nem sei se podemos chamar assim, é a militar. É que de dois em dois anos – às vezes menos, ela reaparece nos desfiles e entra de novo em cena. E eu adoro. O verde militar é uma cor neutra, que dá pra fazer mil combinações. E o camuflado já entrou pra minha lista – qualquer dia conto pra vocês – de estampas que vão com tanta coisa, que também já é quase um neutro.

Quer se inspirar? 

blusablog

Blusas camufladas: são peças chave no guarda roupa e vão bem em qualquer estação, por isso, se você tiver uma aí pode usar sem medo de ser feliz! 

camisablog

Camisas verde exército: são neutras e super versáteis. Vão bem desde um macaquinho básico, passando por estampas como o floral, até chegar nas peças de poder que temos, as de paetê. A Carol Burgo – da última foto – usa muito e vive fazendo looks lindos com a dela lá no Small Fashion Diary.

coleteblog

Coletes: acho que são minhas peças favoritas no armário. Eu acredito muito naquela história de termos sempre uma terceira peça pra equilibrar a produção e com certeza um colete nessa cor é versátil e estiloso. Eu tenho um que comprei na Marisa e uso demais.

calcablog

Calças:  tanto as lisas quanto as camufladas são peças legais para se investir. Adorei o primeiro modelo, mais esportivo. E se tem uma estampa que combina com essa cor é a oncinha! Fica bem lindo.

saiablog

Saias: são básicas e possibilitam muitas combinações diferentes, com todo tipo de peça, desde as mais simples, até as mais formais, como a camisa listrada da última foto.

jeansblog

Verde exército ou camuflado com jeans: quase toda roupa fica bem com jeans e aqui não é diferente. Essa combinação fica charmosa e super descolada.

mixblog

Mix de estampas: para as ousadas, dá pra fazer vários mix de estampas com o camuflado ou usar peças/acessórios verde militar como opção aos neutros – preto, branco e nude – que já estamos acostumadas, pra fugir um pouco do óbvio.

naoobvioblog

Para as que não curtem muito um mix chamativo, que tal ousar de outras formas?  Uma sandália bonita, o verde como terceira peça neutralizando uma produção mais diferentes ou camuflado com cores de impacto. Com certeza você não vai deixar de ser notada!

meumilitar

E postei no instagram – já segue? @espiraldeestilos –  duas das peças mais queridinhas do meu armário  pra provar pra vocês que essa vibe militar me pegou de jeito há muito tempo! Uso bastante o casaco no inverno, mas o colete uso em qualquer estação e dá pra fazer muitas combinações bem legais no dia-a-dia.

Gostam? Usam? Me contem!

Coleção Riachuelo by Lala Rudge

As coleções especiais das fast fashions não param mesmo, né? Amanhã, 17, chegam às lojas da Riachuelo as peças desenvolvidas entre a marca e Lala Rudge. Contando com saias, blusas, blazers, calças, vestidos, sapatos e bolsas, as cores predominantes são o preto e o branco, além das listras e da minha estampa do coração: pied de poule.

Segundo a blogueira e empresária: “A coleção ficou a minha cara! Então acho que quem curte o meu estilo vai gostar bastante do resultado. São peças do meu closet, com preços acessíveis“. Será mesmo? Separei algumas produções pra gente conferir.

L1

 A blusa listrada é super fofa e pro inverno é perfeita. Adorei também a saia, o sapato o blazer da última foto.

 

L2

Os vestidos: acinturados e bem femininos, o de renda vai bem em qualquer ocasião, já o de couro é ótimo pra sair a noite. E achei super bonito esse casaco da última foto… ele tem uma pegada esporte chique que tá super em alta.

L3

Pra quem está procurando um casaco de couro legal, olha esse da primeira foto?! Tá bem lindo. E esse tricô com renda? Super bom pro dia a dia e é só combinar com uma calça jeans que tá super bem vestida!

LRB2

A coleção conta também com peças inspiradas na La Rouge Belle, marca de lingerie da Lala Rudge. Como era de se esperar, as cores e materiais são bem femininos. As peças rosa claro combinada com a renda preta são delicadas, mas sexys!

LRB1

E quem conhece um pouquinho a La Rouge sabe que oncinha não podia faltar, né? Confesso que nas fotos não gostei dessa estampa, poderiam ter escolhido um print de onça mais bonito né?! Mas as vezes na mão o efeito é outro.

E por fim um pouquinho do Making Off, pra quem tem curiosidade de saber o que rola por trás dos bastidores – Rs

M3

M2

M1

M4

M5

Achei a coleção bem bonita, mas infelizmente não vou poder conferir de perto, já que não temos Riachuelo aqui em Juiz de Fora. Nas fotos gostei de várias coisas, mas só ao vivo, pegando na peça, vendo a estampa e os tecidos usados na mão pra gente saber se vale a pena. Os preços vão desde R$49,90 a R$199,90. 

A Riachuelo é uma fast fashion muito legal e eles estão acertando bastante com as parcerias, vamos ver a repercussão desta amanhã, no lançamento!

Vocês acham que a coleção reflete mesmo o estilo da Lala Rudge? Gostaram de alguma peça?

De capa por aí

Se teve uma tendência que veio forte e me pegou de jeito foram os quimonos! Amo, tenho uns 3 e uso muito, tanto no dia-a-dia, quanto em ocasiões mais arrumadinhas, como um jantar a noite por exemplo. Mas a moda tá aí pra sempre nos mostrar coisas novas e a tendência que promete concorrer frente a frente com meus quimonos queridos no inverno são as capas.

E se você, que gosta de usar seus casacos sobre o ombro – como vimos muito as fashionistas usando há um tempo atrás, mas sabe que apesar de bonito não é nada prático, as peças-capa podem ser uma opção pra você. A ideia é ser uma peça de impacto, que cobre os ombros e deixa os braços a mostra, ou seja, olhando assim, parece super confortável, né?

pasarela

Das passarelas até os eventos mais concorridos. Nas pontas: desfile Valentino. No meio: Diane Kruger veste Jason Wu.

blog4

E das passarelas e eventos para… um casamento! Isso mesmo, Solange Knowles – irmã da Beyoncé – surpreendeu todo mundo com seu vestido de noiva com uma capa super longa, que fazia as vezes de cauda. E na segunda roupa, olha que diferente esse macacão?! Decote na frente, nas costas, mas o que chamou atenção mesmo foi novamente uma capa, dessa vez um pouco mais curta.

blog6

E falando de vestido, claro que já teve gente aderindo aos vestidos capa. Adorei o primeiro look – preto sempre vai bem, o corte tá perfeito e esse ombro mais estruturadinho é um charme. Já os dois outros vestidos, dá pra ver que são com tecidos mais fluidos e com cores mais alegres, que também me agradam.

blog5

O primeiro vestido é da Zara, que como sempre corre pra acompanhar as tendências que despontam das passarelas. No meio, de novo um pretinho básico… foi usado com uma proposta mais clean, diferente do look black de cima, mas também gostei. E esse laranja? Vocês gostam? Lembram que falei neste post aqui que as cores fortes vão estar muito presentes neste inverno?! Quem gosta, pode usar sem medo de ser feliz!

blog1

E os blazers capa: mais fáceis de adaptarmos ao dia-a-dia. Vai com saia, macaquinho, calça… Continuo achando esses com as mangas estruturadas mais bonitos e chiques, ainda mais pra blazer. E essa peça em branco é super elegante!

blog2

E aqui em preto, que eu amo e pra mim é sempre uma boa opção. Com short, com jeans, com vestido, não importa… a capa faz as vezes de protagonista nos looks e deixa qualquer produção mais interessante.

Acho tanto os vestidos como os blazers bem lindos e uma opção diferente e charmosa pra dar uma quebrada no básico do dia-a-dia. Mas pesquisando, os preços ainda estão bem salgadinhos –  na faixa de R$400,00, então acho que vou esperar opções mais amigas, que com certeza chegarão às lojas em breve… 

O que vocês acham das peças-capa? Vão aderir ou vão deixa passar? Confesso que fiquei curiosa pra experimentar… quando fizer, conto pra vocês!

Elas amam: Valentino Rockstud Shoes

A gente nunca sabe quando um lançamento vai se tornar uma febre e menos ainda quando uma febre vai se transformar em clássico. Em uma sociedade em que o consumo é palavra de ordem, isso é raro, mas as vezes acontece. E pra mim, não há maneira melhor de explicar a recente história dos sapatos…

valentino2

Aposta da maison para o ano de 2013, os sapatos desta coleção logo estavam nos pés de 9 entre 10 fashionistas! Mas não pense que passados 2 anos eles foram esquecidos: continuam com tudo, viraram uma linha fixa da Valentino e a cada estação são repaginados.

vale

Os quatro modelos mais famosos da linha: rasteirinha, sapatilha e scarpins – de salto baixo e alto. Ou seja, tem pra todos os estilos! Inclusive acho impossível saber quantas cores, materiais, texturas e estampas os rockstuds ganharam desde que foram lançados. Além destes existem alguns outros modelos, mas que não vemos tanto por aí.

valentino-sandalia

Rasteirinha: além do conforto, o modelo vai com tudo e parece garantir o conforto.

valentino-sapatilha

Sapatilha: tons neutros e bico fino, uma combinação simples e elegante.

valentino-baixo

Scarpin baixo: para as que adoram um salto, mas não abrem mão do conforto, que tal um bem pequeno? 

valentino-alto

Scarpin alto: e pras mais ousadas, esse modelo deixa o pé maravilhoso e dá um up instantâneo ao look. Tem pra todos os gostos: neutros, coloridos, estampados… Adoro a linha toda, mas esse são os meus preferidos!

Já vi muita gente falando que da rasteirinha ao salto alto, existe alguma tecnologia – mágica – que faz com que todos os modelos sejam super confortáveis, além de lindos. Deve ser por isso vemos tanto eles por aí, nas mais diversas ocasiões. Mas pra saber se é verdade, só experimentando!

Pra que gosta da linha Rockstud, mas não pode ou não quer investir mais de R$ 2.000,00 em um sapato, a melhor notícia é que os modelos já se espalharam e é possível achar com facilidade um inspired pra chamar de seu. 

Eu acho lindo demais, mas sou suspeita porque tenho inclinação a gostar de tudo que tenha tachinhas, spikes e afins. Independente disso, acho a linha atemporal e tem tudo pra virar um clássico sim! E vocês, aprovam os modelos da linha Valentino Rockstud? Qual gostam mais?

Toda hora é hora: T-shirt

Se você ainda pensa que as t-shirts são muito informais e por isso dever ser deixadas de lado no dia-a-dia, talvez o post de hoje faça você ver essa peça com outros olhos.

blog1

Uso muito minhas t-shirts e cada dia mais consigo adaptar elas a looks pra todo tipo de compromisso. E pra provar que isso é possível, olha as produções que separei pra gente.

blog5

 T-shirt + jeans: não importa se é com short, com camisa ou com calça, a verdade é que essa peça combina demais com jeans e deixa as produções despojados, mas muito charmosas. O primeiro look é ótimo pra um encontro com as amigas ou um passeio no shopping. Com o segundo, que tal sair pras atividades do dia-a-dia como ir ao supermercado, por exemplo? E no último look, a calça dobrada, o colar e o salto alto provam que pequenos detalhes deixam tudo mais interessante.

blog4

 T-shirt + P&B: adoro looks P&B e com t-shirt então, é amor demais. O primeiro look dá super pra fazer em casa, com o que a gente já tem né? Uma blusa branca, uma calça preta e um sapato de destaque. Na produção do meio, a estampa da blusa e as mangas dobradas quebraram a formalidade da saia e deram uma pegada rock chique que é super legal. E por último, dá pra ver pela imagem que a palavra de ordem foi conforto.

blog6

T-shirt + listras: seja na blusa ou nas peças que acompanham, a combinação de t-shirt com listras é super charmosa. Aliás, pra mim, listra já nem é mais estampa, virou uma peça neutra que vai com tudo no meu armário. E olha esse primeiro look que lindo! A blusa ficou como pano de fundo pro colar e pra bolsa, mas se fosse branca, não seria tão interessante, né? Pra quem tem vontade de usar mix de estampas, mas ainda tem receio, essa produção do meio é bem usável pra começar… a blusa preta estampada + a calça estampada ficaram harmônicas. E no último look, tem coisa mais linda que listra com listra?

cinzacerto

T-shirt + cinza: já contei pra vocês que a cor cinza é minha queridinha no momento, por isso adorei encontrar esse looks. O primeiro e o último, coloquei justamente pra mostrar pra vocês como ideias parecidas tem resultados bem diferentes dependendo do estilo de cada uma: a da esquerda com saia lápis, blazer, sandália delicada e make mais natural deixaram o look mais sofisticado que o da direita, que tem uma pegada mais jovem e descolada, com a mistura de estampas, casaco mais esportivo e batom escuro. Usaria os dois! E o do meio, bem básico, mas arrumadinho. O colar fez toda a diferença na produção, percebem?

blog8

T-shirt + cores fortes: uma forma de deixar a t-shirt mais interessante é compor produções com outras peças de cores fortes e texturas. Olha o primeiro look com essa saia midi toda plissada e com uma estampa bem bonita, não dá pra usar em vários lugares? No meio, a Carol Burgo brincou com as cores da estampa da blusa, escolhendo outras peças do mesmo tom, harmonizando com o blazer branco e dando uma pitada de interessância com oncinha no pé. E eu que adoro amarelo, achei a última produção simples, mas bem fofa: calça amarela e de novo ele, o sapato de oncinha.

blog7

T-shirt + estampas: aqui de novo vale a mesma ideia das listras, a estampa pode estar na t-shirt ou nas outras peças da produção.  E ao lado das listras e oncinha, que pra mim são prints que vão com tudo, o mesmo acontece com o camuflado. De tempos em tempos aparece nas coleções, então é fácil achar uma peça assim pra chamar de sua e sair por aí bem linda. E lembram das estampas azuis de azulejo que estavam em alta há um tempo atrás? A Mariah combinou o blazer e a calça listrada de fundo branco, usando a t-shirt também branca pra fazer uma ligação entre as duas peças.

trabalgo

T-shirt + trabalho: lembram que no início do post eu disse que dá sim pra usar a t-shirt em ambientes mais formais? Então, esses três looks aí em cima são ótimos pro dia-a-dia de um escritório ou pra uma reunião. Claro que tudo depende do local onde se trabalha e se ele permite cartas ousadias fashions ou não, mas combinando a t-shirt com peças de bom corte como calça ou blazer de alfaiataria, com certeza você estará bem arrumada e elegante.

blog2

T-shirt + brilho: e se vai pro trabalho, porque não ir pra uma festa ou evento com essa peça tão coringa? É só combinar com outras peças de impacto, caprichar na make, no cabelo, nos acessórios e voilà, você vai arrasar! Todos os looks acima, ainda que visualmente bem diferentes seguem a mesma lógica: uma t-shirt legal, uma peça cheia de brilhos e o resto mais neutro, apenas pra compor. E não são todos lindos? Eu adorei.

Vocês são como eu e usam muito t-shirt? Me contem aí nos comentários e se tiverem mais dicas, quero saber!