Decoração: gastando pouco com almofadas

Quando falamos em decoração, muita gente logo pensa que é algo caro e inacessível. Claro que muitas das coisas que vemos em pinterest da vida não são pra todo bolso. Mas a gente pode sempre se inspirar e procurar opções mais em conta e que tenham efeito parecido!

Já contei por aqui que estava querendo novos ares no meu quarto, pois ele era basicamente o mesmo desde meus 12 anos. Comprei uma cabeceira, uma cristaleira para colocar meus acessórios e depois investi em coisas mais baratinhas, como tapetes, luminárias e quadrinhos.

Outra coisa que fiz, adorei e vim correndo contar pra vocês foi investir mais em roupas de cama e almofadas! São baratas, versáteis e quando enjoar, é só tirar por um tempo. Olha só:

A3

Escolhi em tons de roxo por ser minha cor favorita. E assim como nas roupas, na decoração também podemos fazer mix de estampas.

A2

As almofadas laterais são do Carrefour e custaram R$10. A lilás do meio é da Leader e foi R$ 8. As fronhas com a mesma padronagem das almofadas achei por acaso na Havan e também custaram R$8. 

Viram que cada coisa é de um lugar diferente? A dica é sempre procurar e não ter pressa. Vá montando aos poucos e achando peças que combinem com seu estilo e entre si.

A1

Deixei tudo bem combinadinho porque gosto e to apaixonada 🙂 Mas trocando as fronhas dos travesseiros por exemplo, eu já teria outra composição, dando cara nova ao ambiente com peças que já tenho em casa.

Agora quero a ajuda de vocês: quem tiver dicas de peças baratinhas e com efeito, deixa nos comentários! Ainda to procurando opções legais e aí vou mostrando por aqui, ok?!

Amarelo que te quero

Sempre que passo em frente a uma loja de decoração, leio revistas ou sites sobre o tema, não tem jeito, ele está lá fazendo meus olhos brilharem. E eu não tenho dúvidas, o amarelo fará parte da minha casa um dia!

A cor, que é super vibrante, tem o poder de deixar qualquer cômodo mais charmoso e interessante, mesmo que só com alguns toques estratégicos. Quer ver?

3

Sala e cozinha de jantar integradas. Olhando pra esse ambiente, dá pra ver que cada coisa foi pensada nos mínimos detalhes para dar esse efeito final. Uma atenção especial para o barril de metal usado como pia e a máquina de escrever antiga, que foi pintada! Como não amar?

4

Adoro a ideia de ter um mini jardim na cozinha e poder plantar meus próprios temperinhos! E a bancada amarela contrastando com o ambiente todo em cinza?!

7

O combo quarto+escritório fica super charmoso com o amarelo complementando o branco, deixando o ambiente mais despojado. E gente, que graça poder ter um quarto com esse vidro, né? Não sei se é muito prático, mas que é bonito, isso é!

6

Pequenos detalhes que fazem toda a diferença: as flores e a cadeira complementam a decoração. E adorei os quadro divertidos!

8

Esse é um nível mais avançado, pra quem ama mesmo amarelo. Um quarto repleto da cor em todos os móveis. Ainda assim, ficou bem legal, não achei demais, sabe? Me imagino nesse espaço lindo e não ia achar nada ruim – Rs!

13

E claro que guardei o melhor quarto pro final: amarelo + roxo! Tem combinação mais linda? A primeira cor eu adoro e a segunda eu amo, é a minha preferida da vida! E as cores se complementam e harmonizam super bem com os móveis de madeira e a parede, que mesmo com detalhes deu certo, porque é neutra.

2

Um banheiro pra chamar de seu! Usaram amarelo em apenas algumas faixas da parede, o que é legal pra dar um “respiro”, já que a cor é bem vibrante.

9

Uma sala mais tradicional, em que o amarelo foi usado pra quebrar a sobriedade. E deu certo, né?

10

E essa já é bem mais moderna! Adoro essas cadeiras, não parecem muito confortáveis, mas deixam o ambiente descolado. E o quadro é lindo e compôs super bem o ambiente, ficando em destaque.

11

De cara adorei a luminária, depois, olhando com calma, gostei de tudo. Super legal esse “segundo ambiente” com as paredes arredondadas.

12

Outra combinação que adoro é o amarelo com cinza. Os móveis de madeira deixaram tudo mais charmoso. E o banquinho e as molduras amarelas? Muito amor!

14

Pra finalizar, um ambiente bem dramático – Rs! Não sei se agrada a todo mundo essa decoração mais exagerada, mas ela tem seu lugar né? O que seria do barroco se todo mundo fosse minimalista?!

Já andei olhando vários móveis amarelos pra minha casa, e com certeza eles farão parte de algum ambiente, provavelmente de uma sala de visitas ou escritório. Vocês gostam?

Uma cabeceira, seis opções

Não tenho dúvidas de que quando a gente está com o quarto do nosso jeitinho, tudo fica melhor, principalmente nosso sono. Há poucos dias coloquei minha cabeceira nova no lugar e desde então tenho sentido uma grande diferença. Além do quarto estar mais lindo – o que me deixa feliz – fico bem mais confortável quando recosto pra ler um livro ou mesmo quando vou dormir.

E claro que não podia deixar de mostrar pra vocês algumas opções legais pra deixar sua cama mais linda e acolhedora.

Começando pelas estofadas: são as que vejo mais opções disponíveis no mercado hoje. Tem de diversos tamanhos, formatos, tecidos… A minha escolha é bem parecida com a da foto, uma cabeceira simples, branca, que harmoniza com tudo, mas por ter um metalassê dá um charme especial ao ambiente.

estofatos

As de ferro: elas me lembram muito as camas mais antigas e acho bem bonitas… quem curte esse estilo, é legal apostar em cabeceiras que tenham o ferro bem trabalhado. Os pequenos detalhes aqui deixam tudo mais bonito. E as pretas, pra mim, são as mais lindas!

ferro

As de madeira: podem ser bem tradicionais, ou então podem vir, como esta aí embaixo, com uma pegada mais divertida e moderna. O legal deste tipo de cama é que dá pra fazer reaproveitando materiais que iriam ser descartados, como ripas de madeira, por exemplo. Nada que um bom senso de estética e verniz não resolvam, né?

madeira

As de metal: confesso que nunca tinha parado pra reparar neste tipo de cabeceira antes, mas quando me deparei com essa foto aí, adorei! Super moderna… deixa qualquer quarto mais charmoso e ao mesmo tempo despojado… e adorei o contraste do metal com a madeira de fundo.

metal

As de palha: essa era minha primeira opção de compra quando fui escolher uma cabeceira pra chamar de minha, porém não achei nenhuma que eu gostasse muito, pois o trabalho e o material usado pra fazer esse tipo de cabeceira deve ser excelente, senão ficam com um aspecto feio. As que achei eram quase sempre mal feitas. Mas no futuro pretendo trocar a minha a estofada por uma dessa aí! 

palha

As de estilo provençal: são bem chiques! Podem ser feitas de madeira ou gesso e algumas tem somente a moldura de fora, outras já são inteiras. O diferencial dessas cabeceiras são os desenhos, que variam de uma pra outra. Por isso, na hora de comprar, olhe com cuidado e escolha com calma, pois como nas camas de ferro, aqui também a beleza está nos detalhes.

provençal

Tenho minhas preferidas, mas acho que cabeceira é algo muito pessoal e tem que ter a ver com o estilo do quarto e a intenção de cada um. No meu caso, eu queria uma opção bonita, mas também que me desse conforto. Então, na hora de escolher a sua, leve em conta o que é prioridade e tente escolher algo que fique harmônico com o ambiente, assim você terá uma cabeceira bonita, um quarto lindo e uma noite de sono bem gostosa!

Depois de anos sem uma cabeceira, estou adorando minha nova aquisição. E vocês, de qual gostam mais?